O trance é um dos mais clássicos e apaixonantes gêneros da música eletrônica dos últimos anos, e seus diversos tipos de trance vem sendo tocados em festivais, raves, casas noturnas e até festas de casamento.

Isso mesmo, em casamento! Se você não acredita, assista o vídeo abaixo:

 

Desde seu surgimento, o trance já passou por várias mudanças.

Cada vertente tornou-se independente formando uma linha de gêneros distintos.

Se pararmos para analisar, a música eletrônica é o futuro do mercado fonográfico.

Pois, em tão pouco tempo já surgiram centenas de variações culturais dentro do mundo artístico da música eletrônica.

Divergências Culturais

tipos de trance

O ponto mais rígido dessa divisão cultural é o próprio fanatismo entre os ouvintes.

Apreciar conceitualmente a música eletrônica se tornou uma elite hierárquica.

Os fãs de house julgam aqueles que ouvem psytrance.

Os fãs de techno julgam aqueles que ouvem deep house.

Os fãs de dark trance julgam aqueles que ouvem progressive trance.

Na minha opinião, essa é a única parte feia da cena musical eletrônica.

Mas como podemos mudar isso? É simples, não julgando os gostos musicais do outro e se dedicando apenas àquilo que lhe convém.

Não existe melhor ou pior, mas sim gostos distintos.

Você está preparado para conhecer 27 tipos de trance? Então clique aqui!
👉 Confira 27 Vertentes de Trance que Nunca Disseram a Você que Existem


Assista o vídeo abaixo
, onde nosso amiguinho Kaus Psicodélico lhe contará um pouco mais sobre a origem do seguimento mais adorado pelos fã de Trance, o Psychedelic Trance.

Além dos 27 tipos de trance que listamos acima, ainda existe muita coisa nova para surgir, portanto deixe a sua contribuição nos comentários.

Você conhece alguma vertente ou subgênero que não listamos nesse artigo? Então comente abaixo para que possamos nos atualizar.

Compartilhe esse artigo com seus amigos que também são apaixonados por trance, assim como eu e você!

 

📷 Sonora Satya